Outsourcing

   Outsourcing significa, literalmente, fonte externa e dá nome ao processo no qual uma empresa estabelece uma parceria estratégica com outra, mantendo com esta um relacionamento mutuamente benéfico, com vista à execução de uma ou mais actividades, que a primeira não pode ou não é rentável desempenhar.

  Muito útil para qualquer empresa, o outsourcing, revela-se extremamente importante para a gestão das PME que, tendo por vezes de gerir escassos recursos, podem concentrar os seus esforços no seu negócio e nas suas competências chave, entregando as restantes tarefas a parceiros externos.

 

 

Áreas de Actividade

 

   Apesar da utilidade do outsourcing estar comprovada em todas as áreas, há que destacar as mais relevantes:

 

Planeamento e Estratégia:  nesta área a elaboração de planos estratégicos e a sua implementação poderão ser muito úteis ao desenvolvimento empresarial.

 

Financeira e Administrativa: Na área financeira a sua empresa pode delegar, por exemplo, tarefas como o processamento de salários. Na área administrativa pode contratar tarefas como limpeza, manutenção, etc...

 

Recursos Humanos: Claramente vantajoso o recurso ao outsourcing nesta área, permite às empresas beneficiar de um recrutamento e selecção mais rápido e especializado, apoio na política global de remunerações, definição de planos de formação e aconselhamento em relação à política de bónus e incentivos, etc...

 

Marketing e Publicidade: É utilizado na maioria das empresas, quer ao nível de planeamento, concepção e execução de campanhas, quer ao nível de promoções em postos de venda. É também uma alternativa viável na gestão e manutenção de sites e no marketing on-line.

 

 

Produção e Logística: Para estes sectores a utilização de outsourcing em partes da produção poderá ser a solução de alguns problemas de gestão e aumento da competitividade, à semelhança do que já acontece na indústria automóvel.

 

Vantagens

 

   É uma ferramenta de gestão eficaz de tal forma que alguns estudos indicam que a sua utilização pode reduzir os custos de uma empresa até 9% e aumentar a produtividade em 15%, podemos destacar várias outras vantagens:

 

1. Permite a concentração de recursos para as actividades principais da sua empresa;

 

2. Permite focar os esforços na satisfação do cliente em detrimento das preocupações organizativas;

 

3. Possibilita o acesso a tecnologias e especialistas não existentes na organização;

 

4. Favorece a penetração em novas indústrias e mercados;

 

5. Desempenho de actividades de difícil gestão e controlo;

 

6. Permite uma gestão mais racional e flexível dos recursos aumentando a rapidez de resposta ao mercado;

 

7. Transforma custos fixos em custos variáveis;

 

8. Reduz os custos operacionais e garante um controlo dos mesmos;

 

9. Diminui as necessidades de investimento.